Sobre

Sou uma pessoa comum, curiosa e que se interessa por um pouco de cada assunto. Tenho muitas manias e sou uma pessoa muito forte e sensível. Gosto de compor letras de músicas.

Também toco guitarra e violão, porém, não sou cantor, sou compositor, guitarrista e violonista.

Eu me considero uma pessoa de muita sorte por ter conseguido tudo que eu sempre quis na vida.

Amo os animais. Já tive um coelho e hoje tenho um gato e dois cachorros. O gato chama Léo, os cachorros chamam Tobi e Rebeca. Já decidi não comer mais carne, mas apenas vermelha; aos poucos eu quero não comer carne branca também.

Sou casado com uma garota há mais de 3 anos. Sou uma pessoa proativa, hiperativa e inquieta.

o meu Facebook pessoal: https://www.facebook.com/artesambr

topo – sobre


trabalho

links onde atuo

www.isbn.com.br

https://profissionaisdolivro.com.br/perfil/samuel-duarte-marini-artesam/

https://www.facebook.com/artesambr

http://www.isbn.bn.br/website/consulta/cadastro (Pesquisar em editora ArteSam)

https://www.artesam.com/ Site da minha empresa

https://www.sdmarini.com/ Site da minha outra empresa

topo – sobre


blog

O que está acontecendo com o mundo

02/05/2019

A partir do ano 2000 o romantismo acabou se perdendo aos poucos. Hoje o Facebook e as outras redes sociais são as novas praças; as pessoas estão cada vez mais isoladas e individualistas. As pessoas não se amam mais. A tecnologia veio para ajudar mas ao mesmo tempo perde aquela emoção de estar frente a frente um com o outro; e quando esta, ficam um do lado do outro mexendo no celular.

A nova juventude está perdida. Quantas vezes ralei meu joelho caindo das árvores em que eu subia na chácara do meu avô?! Quantas rodas formava com crianças da minha idade… É lamentável que tudo isso se perdeu…

E o que se pode fazer? Nada, pois a tendência é piorar.

topo

droga

04/05/2019

O alicerce da nossa amizade, hoje soa com um pouco de transtorno. Muitas brigas mas muitos momentos felizes também. Com você fui à praia, fui ao cinema e hoje fazemos nosso filme, que é mais drama do que romance. Estou tentando sair das drogas, mas é difícil, e resolvi a data de hoje para eliminar o que me aquece por dentro, e refrigerante e açúcar, coisas assim. Vou conseguir, da mesma força que tive no passado, seria um homem melhor, com palavra. Tenho uma força muito grande por dentro quando tomo uma decisão ou quero algo. Samuel, você verá.

Poema feito há uma década que até hoje faz todo um sentido:


músicas / composições

→ O ar das promessas – clique aqui para ouvir

→ Dedos – clique aqui para ouvir

→ Fases – clique aqui para ouvir

Esta música foi selecionada no Clube dos Compositores para o volume 10 da coletânea.

Estas músicas foram gravadas pelo intérprete Álvoro Alves.

Algumas composições sem gravação ainda.

Confiança.

Entrego a você o meu corpo
Você devolve ingratidão
Entrego a você meus segredos
Você devolve desconfiança e medo
Entrego a você minha história
Você pensa, e não sabe se devolve.

Poema inédito.

Traguei calmamente meu último chocolate amargo
Tão amargo como um cigarro
Soltei a fumaça como um imbecil de repetições
Eu me senti em cima das montanhas
Como uma cabra, que dá um passo de cada vez
Como um elefante, lento e avoante

Agora eu sinto que finalmente consegui
A fumaça foi embora junto com a próxima aurora.

Ventania.

Quando estávamos apaixonados como no pico da montanha
Ficamos como duas ciganas
Com mistérios para o futuro
E agora que já construímos nosso muro, a passagem vem diferente.

topo

Ao acaso.

Encontrei você num puro ato
E sim, foi por acaso
Entramos na internet ao mesmo tempo
Sem saber direito, que mudaríamos nossa vida
Hoje eu te amo, mais do que doce de leite.